Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Cidades

Casos de covid-19 no Amazonas pulou de 81 para 111 casos

Casos de covid-19 no Amazonas pulou de 81 para 111 casos
Foto: Divulgação
O governo do Amazonas confirmou durante uma live de coletiva de impresa, que os casos de coronavirus no estado saltou de 81 para 111, em 24 horas. Os dados foram apresentados pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) na tarde desde sábado (28), em Manaus.

De acordo com a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto, o Estado já possui transmissão comunitária do vírus. “Não há mais como saber quem transmitiu. O virus já circula, portanto, é preciso que as pessoas aumentem a responsabilidade e evitem aglomerações”, afirmou.

“Todas essas medidas são válidas para diminuir a transmissão do vírus”, acrescentou Rosemary. “É preciso ficar o máximo possível em casa”, ressaltou.

A dirigente informou ainda, que é preciso estar atento às síndromes gripais que atingiram algumas pessoas. “Temos pacientes com Influenza, H1N1. Portanto é preciso ter um atendimento adequado”, enfatizou.

Profissionais de saúde

Os profissionais que atuam na saúde do Estado que estão diagnosticados com Covid-19 não contrariam a doença no exercício da função. “A maioria deles estava em viagem e, ao apresentarem os primeiros sintomas, já se isolaram para evitar a proliferação do coronavírus”, afirmou o secretário-executivo de Atenção Especializada do Interior, Cássio Roberto. “As pessoas precisam ficar em casa para evitar disseminar o vírus”, completou.

Bairros

Adrianópolis e Parque Dez apresentam maior concentração da doença. “Outras zonas da cidade certamente sofrerão maior impacto nas próximas semanas”, observou Rosemary.

A maioria dos casos são assintomáticos ou com sintomas brandos.

Máscaras e luvas

“É mais adequado higienizar as mãos com o álcool em gel”, disse Rosemay ao enfatizar que o uso inadequado de luvas e máscaras pode aumentar o risco de contaminação.

Cloroquina

Pacientes que fizeram uso da cloroquina têm o prazo de até sete dias para conferir os efeitos do medicamento.

Notícias Relacionadas