Confraria amazonense lança seu próprio vinho

240

Quem disse que lugar quente não combina com vinho?

As mulheres da confraria Vinhos & Elas mostram a cada dia que o Amazonas harmoniza muito bem com vinho. Então o estado deve ganhar um vinho especial para chamar de seu.

Um vinho com o nome da Confraria Vinhos & Elas, chega para representar toda a mulher manauara, com a intensidade de um Cabernet Sauvignon, vermelho vivo como os lábios de uma bela amazonense arrumada para encontrar suas amigas enófilas na confraria mais acolhedora de Manaus.

No rótulo do vinho que leva o nome da confraria criada pela chef de cozinha e sommelier Amanda Gacharná, traz várias imagens significativas como ela mesmo explica. “Uma mulher refletindo sobre suas infinitas possibilidades, tem seu significado como uma mulher que faz e acontece, que e que sabe dar valor a uma taça de vinho, pois o vinho vai  além da taça, rompe fronteiras, agrega e nos proporciona momentos incríveis de amizade e solidariedade”, disse a empresária.

“Rótulo negro como o envolvente e misterioso Rio Negro, letras prateadas como a majestosa lua que nos saúda em nossos encontros para apreciar vinho e ela faz brilhar o rio em meio a sua escuridão. Nessa garrafa está cada mulher amante dessa bebida espetacular que fica mais esplendida ao passar dos anos e com toda sua simplicidade e beleza irá conquistar a todas”, completou.

O vinho da confraria Vinhos & Elas terá seu lançamento no dia 12 de setembro, em um evento denominado Sunset Wine em Manaus.

O vinho

A bebida Vinhos & Elas é um vinho produzido pela vinícola Salvattore com uvas emblemáticas, aromas marcantes com passagem em barrica de carvalho francês.

A confraria

Em Manaus a Vinhos & Elas é uma confraria composta só pra mulheres, que teve a iniciativa de fazer a primeira reunião em dezembro de 2018 tendo como sua fundadora a amante de vinhos Amanda Gacharnà, com apenas 12 mulheres e logo em seguida os encontros foram aumentando.

A paixão por vinhos vai além da profissão de cada uma possibilita que uma jornalista faça laços e troque experiências com uma professora, ou uma advogada, ou enfermeira, cria Networking e aumenta a cultura vínica entre as manauaras “Não é só beber vinho. É beber cultura e conhecer outros lugares, pois cada vinho tem uma história do seu local”, enfatiza a fundadora da confraria.