Paulo Gustavo tem quadro irreversível, de acordo com boletim médico

Há mais de um mês entubado por conta de complicações da covid-19, Paulo Gustavo tem quadro irreversível, declarou o boletim médico do ator e humorista nesta terça-feira (4). No entanto, ele ainda apresenta sinais vitais.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, declara a nota.

A embolia pulmonar também é conhecida por “infarto pulmonar”, pois, como a doença que afeta o coração, é ocasionada por uma obstrução dos vasos sanguíneos. No caso da embolia, a circulação sanguínea é prejudicada pelo acúmulo de coágulos de sangue em veias e artérias.

Internado desde 13 de março por conta da covid-19, o artista foi entubado uma semana depois de chegar ao hospital, devido às complicações geradas pelo coronavírus. De lá para cá, ele precisou passar por procedimentos como uma broncoscopia e transfusões de sangue. Além disso, desde o início de abril, foi submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), uma espécie de pulmão artificial, que segue em vigor.

Paulo Gustavo tem 42 anos e dois filhos, Gael e Romeu. Ele é casado desde 2015 com o dermatologista Thales Bretas.