Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Cidades

Rodoviários pretendem paralisar nesta terça-feira (28)

O Sindicato dos Rodoviários decidiram pela greve geral por tempo ideterminado em assembleia geral da categoria

Rodoviários pretendem paralisar nesta terça-feira (28)
Foto: Divulgação

Manaus / AM - O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) devem paralisar suas atividades por tempo indeterminado nesta terça-feira (28). Os representantes dos Rodoviários publicou um aviso de greve nesta segunda-feira (27).

A paralisação geral da categoria foi aprovada em assembleia geral no dia 20 de maio, mas foi suspensa após uma reunião com o Ministério Público do Trabalho do Amazonas.

Na manhã desta terça-feira às 9h uma nova reunião com os representantes da categoria, MPT e Sindicato das Empresas de Transporte (Sinetram), deve acontecer para darem continuidade nas negociações.

O diretor de comunicação social do STTRM, Gabriel Guimarães, informou a um portal de notícias, que caso as negociações não avancem ou as reivindicações da categoria não sejam atendidos, a frota será retirada de circulação.

“Teremos uma reunião com o Ministério Público do Trabalho e o Sinetram, conforme for decidido daremos início a greve”, disse.

O diretor não confirmou o quantitativo da frota que será paralisado com a greve, apenas disse que “na hora” eles vão decidir, se param 100% da frota ou não.

O STTRM havia anunciado greve de 100% para a última sexta-feira (24). Entre as reivindicações da categoria estão o aumento de 5% de reajuste salarial, permanência do quadro atual dos cobradores do transporte público, além da permanência dos intervalos em horário comercial.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários as empresas de transporte público que atuam em Manaus têm o interesse de implantar um sistema em que não haja necessidade da atividade dos cobradores nos ônibus, como já funciona em outras capitais do Brasil.

Com informações de Em Tempo

Notícias Relacionadas