Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Curiosidades

Atendimento médico e exames cardiológicos chegam à comunidade da Cooperativa no Ramal do Pau Rosa

Atendimento médico e exames cardiológicos chegam à comunidade da Cooperativa no Ramal do Pau Rosa
Foto: Divulgação

“Que a nossas esperanças se renovem a cada amanhecer”...

  

Foi inspirado nessa reflexão que a equipe do Projeto Saúde na Comunidade, comandada pelo Dr. Sérgio Machado, chegou na sede da Associação dos Moradores da Comunidade Novo Amanhecer-ACNA no último sábado dia 7 de dezembro às 6h da manhã. Debaixo de muita chuva e enfrentando a estrada de barro escorregadia no Ramal do Pau Rosa, a equipe não mediu esforços para levar atendimento médio e exames especializados aos moradores daquela comunidade. A localidade não conta com atendimento básico de saúde devido a distância e a dificuldade de acesso pelo ramal.

2854

Segundo o agricultor Raimundo Alves: “Aqui o primeiro obstáculo é a distância de nossa comunidade para os postos médicos e os hospitais em Manaus e na maioria das vezes quando saímos de nossas casas em busca de atendimento médico em Manaus, dificilmente conseguimos. Pior ainda é quando buscamos um cardiologista, aí é que é difícil mesmo. Hoje a comunidade está feliz porque o Dr. Sérgio Machado saiu da cidade e veio trazer esses atendimentos que tanto precisamos, como a consulta e os exames do coração.”

2855

Ao todo foram realizados mais de 200 atendimentos, beneficiando mais de 40 famílias por meio de atendimentos odontológicos, orientações jurídicas, consultas médicas e exames cardiológicos como Eletrocardiograma e Ecocardiograma.

2856

“Não podemos deixar que as comunidades mais distantes do centro urbano de Manaus vivam apenas de esperança, precisamos levar além de uma palavra amiga, ações efetivas que ajudem essas famílias a resolverem, se não em sua totalidade, pelo menos parte dos problemas decorrentes da ausência do Sistema Público de saúde na localidade. Hoje, para chegarmos aqui, enfrentamos chuva, estrada de barro escorregadia e muita lama. Mas, estamos saindo felizes por termos garantido o atendimento à todos aqueles que estavam necessitando. É um sentimento de dever cumprido como médico e cidadão que ama a vida”.

Notícias Relacionadas