Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Diversão

Arraiais movimentam os Centros de Convivência da Família

Está aberta a temporada de arraiais nos Centros de Convivência da Família com muita comida típica, brincadeiras e danças

Arraiais movimentam os Centros de Convivência da Família
Foto: Divulgação
Está aberta a temporada de arraiais nos Centros de Convivência da Família com muita comida típica, brincadeiras e danças. Hoje (27), a partir das 16h, o Centro Maria de Miranda Leão, no Alvorada, zona centro oeste, realiza sua programação com muito carimbó, quadrilhas e arrasta-pé.

A primeira atração será o carimbó As Divas do Miranda. Em seguida, será a vez da dança do ventre e da Quadrilha Bate e Rebate seguida do grupo Olinda na Roça. A programação prossegue com o arrasta-pé e com As Divas do Miranda na Roça, que encerram a programação às 20h30.

Amanhã, a partir das 18h, será a vez dos Centros André Araújo, no bairro da Raiz, zona sul e Teonízia Lobo, no Mutirão, zona Leste de Manaus, realizarem seus festejos juninos.

No André Araújo, o carimbó inicia a folia junina com o Grupo Esperança, seguido pela dança do ventre apresentada pelas usuárias da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). A diversão vai ter lugar garantido também com a evolução da quadrilha Vitor e Vitória, na qual homens se vestem de mulher e vice-versa. Os Brotinhos de Petrópolis, o carimbó e a quadrilha As Poderosas prometem animar a comunidade.

E um dos pontos altos da noite no bairro da Raiz será a escolha da Rainha Caipira entre as senhoras que frequentam o Centro de Convivência André Araújo. A folia termina com uma quadrilha improvisada em que os moradores que se animarem a dançar podem participar da dança junina.

E no bairro Mutirão, o Centro de Convivência Teonízia Lobo começa a folia às 18h, com a apresentação do grupo de convivência adolescente que vai evoluir com o Boi-Bumbá. A música também ganhará destaque com uma mostra de música instrumental com flauta doce.

Fábio da Sanfona anima a comunidade com ritmos como forró, pé de serra e xote e arrasta-pé. E a festa promete ficar ainda mais animada com o forró pé de serra e a apresentação de idosas que desenvolvem atividades no Centro de Convivência  Magdalena Arce Daou, ao som do ritmo paraense do carimbó.

O Xote da Carolina, da própria comunidade do Mutirão, encerra a noite. E quem perder as atrações de sexta-feira pode comparecer ao sábado para cantar, dançar e experimentar as comidas típicas do Teonízia Lobo.

A programação desenvolvida nos centros tem a parceria da Secretaria de Estado de Esporte Juventude e Lazer (Sejel), Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e das comunidades onde os centros funcionam. Os arraiais são desenvolvidos pelo Governo do Amazonas, por meio da Seas, a partir da perspectiva da proteção social básica, conforme a  política nacional de assistência social, que estabelece o lazer como forma de fortalecer os vínculos familiares e com a comunidade.

Notícias Relacionadas