Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Esportes

Flamengo empata o clássico e perde a liderança do Brasileiro

O Flamengo não conseguiu apresentar a efetividade que vinha mostrando em partidas anteriores e acabou decepcionando a torcida, com o placar de 1 a 1 contra o Vasco

Flamengo empata o clássico e perde a liderança do Brasileiro
Foto: Divulgação

Tentando voltar a vencer no Brasileirão, o Flamengo teve neste sábado (19) o primeiro clássico na competição, enfrentando o Vasco. Utilizando força máxima, o Mais Querido não conseguiu apresentar a efetividade que vinha mostrando em partidas anteriores e acabou decepcionando a torcida, com o placar de 1 a 1.

O jogo

Apesar das equipes estarem em momentos distintos, com o Flamengo em evolução e o Vasco tentando voltar a apresentar organização em campo, o duelo se mostrou equilibrado nos minutos iniciais, com cada uma das equipes tentando impor sua proposta de jogo.

O Rubro-Negro optava por manter a posse de bola e trocar passes no meio campo, contando também com as aparições de Rodinei pela ala direita. Enquanto isso, o cruzmaltino se postava bem em linhas de marcação, para impedir as infiltrações do Fla.

Apesar do Mengo apresentar postura mais ofensiva, as três primeiras finalizações foram do adversário. Entretanto, no primeiro ataque incisivo do Fla, o placar foi aberto. A equipe rodou a bola na entrada da grande área e Everton Ribeiro resolveu finalizar de longe. O goleiro Martín Silva deu rebote e Vinicius Júnior não desperdiçou. O garoto foi às redes pela primeira vez no Maracanã e abriu o placar no clássico aos 13 minutos.

O Vasco não sentiu o gol sofrido e partiu para cima com a intenção de igualar o placar. Aos 16 minutos, o clube da Colina fez lance rápido pelo lado esquerdo e cruzou na área. Ao cortar, Réver quase fez gol contra. A bola saiu raspando a trave e deu um grande susto em Diego Alves.

Na sequência não teve jeito. Em cobrança de escanteio, Ríos desviou na primeira trave e Wagner, sozinho, só teve o trabalho de empurrar para as redes e empatar o clássico aos 17 minutos.

A partida seguiu quente, sem nenhum dos times se entregar ou se conformar com o placar. Apesar do Flamengo dominar mais a posse de bola, o Vasco ameaçava quando os jogadores do Rubro-Negro cometiam falhas, chegando a assustar em novos lances de jogada aérea.

O jogo esquentou e Everton Ribeiro acabou recebendo cartão amarelo. O meia cometeu falta no lateral Henrique e, com o defensor caído, chutou a bola no rosto do adversário. Pelo lado do Vasco, Bruno Silva também foi amarelado, por conta de falta dura no próprio Everton.

Ainda no primeiro tempo, aos 46 minutos, o zagueiro Réver se machucou e teve que sair. Em cobrança de escanteio, o capitão foi mais alto que todo mundo e cabeceou sem direção. Na queda, acabou se desequilibrando e caiu sem jeito, sofrendo impacto no ombro. Rhodolfo entrou em seu lugar, mas teve pouco tempo em campo na etapa inicial, uma vez que árbitro Ricardo Marques deu o último apito aos 48 minutos.

Para o segundo tempo, Barbieri e Zé Ricardo optaram por não fazerem mais substituições. As posturas das equipes também não tiveram mudanças.

Enquanto o Vasco seguia buscando as brechas para atacar, o Flamengo continuava sem poder de infiltração, com o centroavante Henrique Dourado participando pouquíssimo dos lances e sendo pouco efetivo para ajudar o ataque rubro-negro.

Em lance de contra-ataque, Vinicius Júnior arrancou pela esquerda e fez ótimo lançamento para Dourado. O centroavante dominou, mandou pro fundo das redes e saiu para fazer a festa com a torcida. O camisa 19 comemorou bastante, porém, o lance estava impugnado, pois havia sido assinalado impedimento do Ceifador no início da jogada.

A falta de inspiração era clara nos dois times. Não à toa, nenhuma grande chance de gol foi criada até os 30 minutos do segundo tempo. O Flamengo sem efetividade no ataque e o meio campo sentindo falta da visão de jogo de Lucas Paquetá, que não conseguia fazer atuação no mesmo nível das anteriores.

Para tentar renovar as forças no ataque, Barbieri sacou Vinicius Júnior e colocou Marlos Moreno aos 33 minutos. A mudança não foi bem vista pela torcida, que vaiou durante o momento que o Garoto do Ninho saía para entrada do colombiano. Aos 43, Lincoln entrou no lugar de Henrique Dourado, que pouco fez em campo.

Já nos acréscimos, Riascos cometeu falta em Everton Ribeiro e depois empurrou o meia rubro-negro, causando confusão generalizada. No fim, Breno e Riascos foram expulsos pelo lado do Vasco e Rhodolfo, que apareceu para amenizar a briga, também acabou expulso. Cuéllar, por reclamação, também acabou expulso.

Com tamanha ineficácia das equipes em campo, o resultado não poderia ser diferente. O placar de 1 a 1 seguiu até o fim da partida, deixando o Flamengo com 11 pontos na tabela. Com o empate, o Fla perdeu a liderança do campeonato, pois o Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e assumiu a ponta. O Corinthians é o terceiro colocado e, em caso de vitória, também ultrapassa o Rubro-Negro na tabela.

Notícias Relacionadas