Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Esportes

Vila Olímpica recebe 5º Torneio Amazonense de Ginástica Artística, neste sábado (15)

O torneio conta com 35 atletas inscritos no Centro de Ginástica do Amazonas que fica na Vila Olímpica de Manaus

Vila Olímpica recebe 5º Torneio Amazonense de Ginástica Artística, neste sábado (15)
Foto: Divulgação

Com 35 atletas inscritos, o Centro de Ginástica do Amazonas, localizado na Vila Olímpica de Manaus (bairro Dom Pedro, zona Centro-oeste), irá receber no próximo sábado (15), a partir das 8h, o 5º Torneio Amazonense de Ginástica Artística. O evento, que conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), é organizado pela Federação Amazonense de Ginástica (FAG) e terá competições para ambos os naipes, nas categorias Mirim, Infantil e Juvenil.

Para o titular da Sejel, Caio André de Oliveira, o evento será um sucesso. “Sei o quanto a modalidade é importante e a tradição que a ginástica tem no meio esportivo. As competições têm atraído cada vez mais o público, e tenho certeza de que muitos talentos serão revelados com o 5º Torneio Amazonense de Ginástica Artística”, destacou.

Entre os clubes e escolas participantes da competição estão o Núcleo de Base de Ginástica do Amazonas, Escolinha Sejel, Centro Educacional Adalberto Valle e Centro Esportivo e Cultural do Amazonas (Cecam). As inscrições já foram encerradas.

A vice-presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Verônica Martins, falou sobre a expectativa para a competição. “Tivemos um bom número de inscritos e espero que todos os ginastas melhorem seu desempenho técnico. A ginástica no Amazonas continua em expansão e eventos da modalidade são realizados justamente para que o esporte possa crescer, evoluir e atrair cada vez mais adeptos”, afirmou.

2036

Verônica ressaltou ainda que a ginástica irá ganhar, em breve, aparelhos para o melhor desenvolvimento da modalidade. “Estamos no aguardo da chegada dos aparelhos oficiais vindos de Aracaju (SE), que foram doados pela CBG à Federação. Tenho certeza que esses materiais serão de grande valia para a prática das atividades e será um excelente incentivo para os ginastas melhorarem seu desempenho e o desporto avance”, concluiu.

Investimento – De acordo com a presidente da FAG, Alessandra Balbi, o objetivo da federação é deixar as competições nos moldes da CBG. “A Confederação é nossa referência, então estamos buscando adequar os eventos para este formato, para que o nível dos profissionais envolvidos com a ginástica possa aumentar e os atletas possam ficar mais familiarizados com as competições”, explicou ela.

A presidente, que também falou sobre os planos futuros: “No sábado (15), teremos disputas no solo para o naipe masculino, e solo e trave para o feminino, já como forma de treinar para o Torneio Nacional. Temos ginastas nos níveis 2 e 3 treinando para este Torneio e estamos buscando preparar atletas para competirem nacionalmente até 2020”.

Ginástica Artística – Também conhecida no Brasil como ginástica olímpica, a ginástica artística tem origem grega (gymnastiké) e significa “a Arte ou ato de exercitar o corpo para fortificá-lo e dar-lhe agilidade”. As performances da modalidade incluem exercícios corporais sistematizados, realizados no solo ou com auxílio de aparelhos, cuja aplicação tem objetivo educativo, competitivo, terapêutico, entre outros.

Notícias Relacionadas