Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Ação da PC e PM resulta na prisão de homem por homicídio tentado

Ação da PC e PM resulta na prisão de homem por homicídio tentado
Foto: Divulgação
O 30º Distrito Integrado da Polícia Civil e a 30ª Companhia Interativa Comunitária da Polícia Militar, em ação conjunta, prenderam Wuilas Freire de Oliveira, de 22 anos, conhecido como "Peteca", e apontado como autor de duas tentativas de homicídios ocorridos neste ano na zona Leste de Manaus. O infrator foi preso em cumprimento a um mandado de prisão.

De acordo com as investigações, Wuilas tentou matar um auxiliar de eletricista de 23 anos a mando de um presidiário, por uma rixa relacionada ao tráfico de drogas. O crime ocorreu no dia 9 de junho. Um mês depois, o suspeito agrediu e tentou atirar em um adolescente de 17 anos porque a vítima estava mantendo um relacionamento com a ex-namorada de Wuilas.

Segundo o delegado Torquato Mozer, titular do 30º DIP, no dia de um dos crimes, o suspeito foi até à casa da vítima, convidando-a para jogar bola. No momento em que o auxiliar de eletricista saiu de casa, foi alvejado com dois tiros que atingiram o peito e a barriga.

Na tentativa de homicídio do adolescente, a vítima e o suspeito estavam em uma festa no Campo do Gavião, quando Wuilas avistou o adolescente na companhia de sua ex-namorada. O suspeito começou a agredir a vítima e, armado com um revólver, tentou atirar contra o adolescente. A arma falhou e o jovem conseguiu fugir do local.

“O Wuilas já possui um extenso histórico criminal dentro da circunscrição do 30º DIP. Possui passagens por roubo, adulteração de sinal, lesão corporal e, agora, temos duas tentativas de homicídio. Então foi um trabalho integrado da Polícia Civil e Militar para retirar o suspeito das ruas”, salientou o delegado.

Torquato Mozer disse, ainda, que as investigações continuam em busca de novas provas sobre a ordem do ex-presidiário para praticar o homicídio contra o eletricista. Em depoimento, a vítima negou ser envolvida com tráfico de drogas. Na delegacia, Wuilas confessou as duas tentativas de homicídio.

De acordo com o subcomandante da 30ª Cicom, capitão Miquéias, ao avistar o suspeito, os policiais militares fizeram a abordagem e conseguiram prender Wuilas na noite de segunda-feira. “Ele é um elemento contumaz em ser preso aqui na nossa área”, disse.

O suspeito foi autuado pelo crime de homicídio qualificado tentado. Ao término dos procedimentos, foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM).

Notícias Relacionadas