Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Crianças encontram cabeça humana dentro de um saco

Os jovens brincavam de bola em um campo, quando encontraram a cabeça de um homem dentro de um saco já em decomposição

Crianças encontram cabeça humana dentro de um saco
Foto: Divulgação
Crianças que brincavam de bola em um campo de futebol no loteamento Teixeirão, Zona Sul do município de Parintins, distante 369 quilômetros da capital Manaus, nesta terça-feira (13) quando encontraram uma cabeça humana dentro de uma sacola.

Os jovens brincavam no campo, quando sentiram um forte odor que exalava de uma sacola, então resolveram averiguar e encontraram a cabeça do ex-presidiário Gilson Lopes dos Santos de 39 anos, conhecido como "Nexita".

Nexita, foi encontrado morto e esquartejado dentro de uma sacola de fibra no último domingo (11), pela Polícia Civil de Parintins. O corpo do ex-presidiário foi encontrado, no Campo do Gordo, sem cabeça e com as duas pernas e os dois braços cortados.

Três pessoas são suspeitas de ter cometido o crime e um dos suspeitos, Kelvin Azedo Costa, 24, se apresentou na tarde desta terça-feira junto com seu advogado na delegacia da cidade, onde prestou depoimento, sendo liberado.

O advogado do suspeito informou, que Kelvin não participou diretamente da morte de Nexita, mas teria ajudado em ocultar o cadáver.

De acordo com a polícia, Nexita teria envolvimento com o tráfico de drogas no município, o que poderia ser a motivação do crime tendo como principal linha de investigação, um possível acerto de contas.

AVISO - Imagens com conteúdo violento. Se deseja exibir click neste aviso.

Notícias Relacionadas