Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Depca prende mulher por desaparecimento de criança

Depca prende mulher por desaparecimento de criança
Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) prenderam em flagrante, na manhã de terça-feira (1), Leandro Crhistofer Ribeiro Silva, de 19 anos, e Naiana Alencar França, de 32 anos. As prisões ocorreram na segunda etapa do conjunto Residencial Viver Melhor, bairro Lago azul, zona Norte. Naiana está envolvida no desaparecimento da menina Sadia Reis Barros, de 11 anos, ocorrido dia 16 de setembro deste ano.

O desaparecimento ocorreu após padrasto da menina, Leilson de Souza Marinho, de 35 anos, ter sido levado por criminosos. Com a dupla, os policiais apreenderam porções de cocaína e maconha, três notebooks, três aparelhos celulares, R$ 852 e agendas com anotações do tráfico de drogas.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, as investigações do desaparecimento de Sadia apontaram que Naiana ficou com a criança, após traficantes sequestrarem Leilson. Dois vídeos feitos pela suspeita mostram Sadia dia antes da entrada da polícia na invasão Monte Horebe.

As investigações apontam, ainda, que Naiana fazia cobrança de terreno, de lotes no local, além de taxa de manutenção de comunidade. Ela faz parte de uma organização criminosa.

“Temos convicção que a Naiana tem envolvimento sim com o desaparecimento da Sadia, ela já tinha sido ouvida nessa delegacia, estava sendo notificada para ser ouvida pela segunda vez quando foi encontrada nessa situação com o Leandro. A Naiana é egressa do sistema penitenciário. Já cumpriu nove anos por roubo majorado ao cometer um assalto em 2017 no cartório, e está respondendo ao comando que esta dentro do presídio e o Leandro tem processos criminais”, informou.

Ainda segundo a delegada, Leandro foi preso na última sexta-feira (28) com uma arma de uso restrito da polícia, mas foi liberado após audiência de custódia. Desde então, vinha sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, que estava desligada quando foi preso na manhã de hoje.

“As informações que a gente tem é que teriam sequestrado o padrasto, juntamente com a Sadia, e que a Naiana juntamente com uma outra comparsa ficaram responsáveis com os cuidados com a menina e o destino da menina. Então elas obrigaram a criança a fazer aquele dois vídeos e a Sadia, tudo indica, estava no apartamento da Naiana, no Viver Melhor e ela estava esperando ordem, o que fazer com a menina”, explicou Joyce Coelho.

A motivação do sequestro do padrasto de Sadia e o desaparecimento da menina ainda estão sendo investigados.

A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e a associação para o tráfico de drogas. Ao término dos trâmites cabíveis na Depca, eles foram levados para a audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch Reis, bairro São Francisco, zona sul.

Notícias Relacionadas