Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Homem é morto a tiros em frente a um salão de beleza

O homem estava no salão de beleza quando foi morto a tiros. O salão fica no bairro da Cidade de Deus na zona Norte de Manaus

Homem é morto a tiros em frente a um salão de beleza
Foto: Ronaldo Siqueira

Manaus / AM - Um homem foi executado a tiros na tarde desta segunda-feira (13) na rua Ouro no bairro da Cidade de Deus na zona Norte de Manaus. O homem identificado como sendo Francisco Adelandio Marques Carioca, conhecido como "Neném", estava dentro de um salão de beleza quando foi morto.

De acordo com informações de populares, repassadas aos policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Neném estava no salão de beleza com uma criança no colo, quando dois homens não identificados chegaram em uma motocicleta a procura da vítima.

O garupa desceu da moto e efetuou pelo menos três tiros em Neném, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Francisco era sobrinho de João Pinto Carioca, o "João Branco", um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Jornalistas que foram até o local onde a vítima estava morta, sofreram ameaças por parte dos familiares de Francisco, que não estavam permitindo que os jornalistas e repórteres presentes, pudessem trabalhar como é garantido pela Constituição Federal. Os profissionais de imprensa tiveram de ser escoltados pela Polícia Militar.

Segundo informações, Francisco era o chefe do tráfico de drogas da região do bairro da Cidade de Deus, na zona Norte.

Uma equipe de peritos do Instituto Criminalística da Polícia Civil do Amazonas, foi até o local para recolher evidências que possam apontar os autores de mais este homicídio.

Agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), já iniciou as investigações, para identificar os autores e a motivação deste homicídio.

Nós, do Portal AM 24h, repudiamos todo e qualquer ato que venha ferir a liberdade de imprensa garantida por lei na Constituição Federal do Brasil, e nos solidarizamos com os companheiros Eudogio Junior e seu cinegrafista além de companheiros de outros portais da cidade, que faziam a cobertura do homicídio.

AVISO - Imagens com conteúdo violento. Se deseja exibir click neste aviso.

Notícias Relacionadas