Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Homem é preso após furtar carro que estava a disposição da Polícia

Polícia Civil prende homem que furtou no bairro Alvorada carro à disposição da Justiça, cautelado para o 14º DIP

Homem é preso após furtar carro que estava a disposição da Polícia
Foto: Divulgação

O delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), falou na manhã desta terça-feira (30), durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da Delegacia Geral, sobre a prisão do casal Andreza Albuquerque de Souza, de 31 anos, e Gedeon Alves da Cunha, de 34 anos, conhecido como “GG”. O infrator estava sendo procurado por furtar um carro à disposição da Justiça, cautelado para a equipe do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Já a mulher foi presa em flagrante, após oferecer R$ 10 mil para que os policiais civis não prendessem o companheiro dela.

2273

De acordo com a autoridade policial, Gedeon foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por furto qualificado. Segundo o delegado, o crime aconteceu no dia 23 de junho deste ano, no bairro Alvorada, zona Centro-oeste da capital. O veículo, da marca Chevrolet, modelo S10, está à disposição da Justiça e, atualmente, cautelado pela 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute) ao 14° DIP.

“No momento do delito o automóvel estava estacionado em via pública, no bairro Alvorada, após os investigadores terem saído dele para realizar diligências naquela área da cidade. Gedeon aproveitou a ausência dos ocupantes do veículo para furtar o bem. Conseguimos encontrar o carro naquele mesmo dia, abandonado no Ramal do Canarinho, zona Norte da cidade”, explicou o titular da DERFV.

2274

Cícero Túlio ressaltou, durante a coletiva de imprensa, que o carro pertencia a Gedeon e encontra-se à disposição da Justiça por ter sido utilizado para transportar drogas. Em razão disso, foi apreendido. A autoridade policial enfatizou que Gedeon faz uso de tornozeleira eletrônica e, por esse motivo, os policiais civis conseguiram chegar até ele.

Prisões – Após constatar a autoria do crime, o titular da DERFV representou à Justiça o pedido de prisão em nome de Gedeon. A ordem judicial foi expedida no dia 27 de junho deste ano, pela juíza Margareth Rose Cruz Hoagen, da 4ª Vara Criminal. O mandado de prisão foi cumprido na tarde do último domingo (28), por volta das 13h, na avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

“No momento da prisão do infrator, a esposa dele ofereceu R$ 10 mil aos policiais para que Gedeon não fosse preso. Por conta disso, ela recebeu voz de prisão por corrupção ativa e resistência. Ela acabou sendo conduzida, junto com o marido, ao prédio da DERFV, onde foram realizados os procedimentos cabíveis”, relatou o delegado.

Procedimentos – Andreza foi autuada em flagrante por corrupção ativa e resistência. Após os trâmites na DERFV, ela foi levada para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona Sul de Manaus. Já Gedeon foi indiciado por furto qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Notícias Relacionadas