Homem suspeito de estuprar criança é morto por populares no Nova Cidade em Manaus

Um homem identificado apenas como sendo Anísio, foi morto na noite desta quinta-feira (8) foi morto na rua Pastor Benício Leão, conjunto João Paulo II, bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus, após ser acusado de estuprar uma criança de 5 anos.

De acordo com a mãe da menina, o crime teria ocorrido na última quarta-feira (7), quando o suspeito teria atraído a vítima para sua casa, onde abusou da menor. A irmã mais nova da vítima foi quem disse a mãe o que teria ocorrido.

“Ela contou de noite na hora que fomos dormir. Notei que a minha filha estava estranha. A caçula relatou o caso, perguntei da mais velha, e ela confirmou a situação. Caçamos ele pela vizinhança, mas sumiu. Ele apareceu hoje a noite e outros vizinhos agrediram ele. Nunca imaginamos”, disse.

A vítima chegou em casa com uma peça de roupa velha na tentativa de ocultar o crime.

O homem foi agredido com socos, chutes e pontapés, além de ter o braçoe esquerdo quebrado. Entretanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas apenas constatou o óbito do homem.

Os policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) isolaram a área para que o Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC) fizesse os primeiros trabalhos de perícia.

O corpo do homem foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e vai passar pelos exames de necrópsia antes de ser liberado para o sepultamento por parte de familiares. A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), sob o comando da delegada Joyce Coelho, vai fazer uma investigação em torno do caso.