Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Menor é apreendido e confessa participação na morte de motorista

Menor é apreendido e confessa participação na morte de motorista
Foto: Reprodução

Manaus / AM - Um adolescente foi apreendido na noite desta sexta-feira (6) suspeito de participar do latrocínio, que vitimou o motorista de aplicativo Higson Cavalcante Ramos, de 49 anos, desaparecido deste a última quarta-feira (3) quando saiu de casa para trabalhar.

O corpo do motorista de aplicativo, foi encontrado no início da noite desta sexta-feira (6), no Ramal do Brasileirinho, bairro do Jorge Teixeira na zona Leste de Manaus.

2513

Policiais militares da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CipCães), realizou buscas na área de mata do ramal do Brasileirinho, após receberem uma denúncia anônima de que o corpo do motorista estaria no local.

Em uma primeiro momento os policiais não obtiveram êxito mas, no início da noite desta sexta-feira conseguiram localizar o corpo em avançado estágio de decomposição.

Uma denúncia anônima para familiares da vitima, deram características dos suspeitos pela morte do motorista, logo após os mesmos terem abandonado o veículo da vítima ter sido abandonado no bairro do Monte das Oliveiras, na zona Norte de Manaus.

Com as informações em mãos, os militares saíram em diligência e conseguiram apreender o menor, suspeito de participar do latrocínio de Higson Cavalcante Ramos.

O menor foi conduzido a Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (Deaai), onde confessou a participação no crime e disse que o latrocínio, foi praticado por ele e mais dois comparsas que seguem foragidos.

2514

O menor contou em detalhes como ocorreu o crime e que a intenção do trio, seria a de matar o motorista, para subtrair seus bens.

Higson foi morto com pelo menos seis facadas pelo corpo, após ter seu veículo roubado pelos suspeitos.

O corpo do motorista de aplicativo está no Instituto Médico legal (IML), onde amigos e familiares aguardam a liberação para o velório.

O suspeito apreendido permanece na Deaai, onde passará pelos procedimentos cabíveis e aguardará decisão da justiça.

A Polícia segue nas buscas pelos dois outros acusados de participação no crime.

Notícias Relacionadas