Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Ministério Público do Amazonas deflagra operação contra facção criminosa do Estado

Ministério Público do Amazonas deflagra operação contra facção criminosa do Estado
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (15), a Operação Asfixia, que tem por objetivo o cumprimento de 3 mandados de prisão e 7 de busca e apreensão.

Os alvos de prisão são pessoas envolvidas diretamente com as atividades de facção criminosa que age no Estado, a Família do Norte (FDN). Segundo dados levantados, só da fação já morreram mais de 50 integrantes, em maio deste ano, em massacre ocorrido dentro de unidades carcerárias da capital.

As buscas e prisões estão sendo realizadas com o apoio da Polícia Civil em vários pontos de Manaus. A operação faz parte da ofensiva conjunta dos Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaecos) que estão realizando, nesta quinta-feira, operações contra integrantes de organizações criminosas em nove estados da federação.

No Amazonas, os mandados de prisão foram expedidos nos nomes de: Alan Barbosa Rolim, apontado como o novo líder da facção, agindo fora do sistema prisional; Márcio José Lopes Carneiro (Márcio Doido), tido como o novo líder da facção dentro do sistema fechado; e Anderson Barbosa Rolim, irmão de Alan, também envolvido com as atividades de tráfico e venda de entorpecentes da facção. Os mandados de busca estão sendo cumpridos em residências de pessoas ligadas aos três implicados.

Além do Amazonas, as diligências desta quinta-feira estão sendo realizadas simultaneamente nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio de Janeiro. Com auxílio de forças policiais, os Gaecos de cada um desses estados cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de grupos criminosos.

Notícias Relacionadas