Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Polícia Civil prende homem no Tarumã por envolvimento com o tráfico de drogas

Polícia Civil prende homem no Tarumã por envolvimento com o tráfico de drogas
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob o comando do delegado Sinval Barroso, diretor da unidade policial, cumpriu na tarde de domingo (22), por volta das 19h, dois mandados de prisão preventiva, por tráfico de drogas, em nome de Jackson Pablo Gouvea Neves, de 26 anos.

Conforme o delegado, as diligências em torno do caso tiveram início após delações feitas às equipes do DRCO, informando que o homem estaria em um flutuante situado no bairro Tarumã, zona Oeste da capital. Segundo Barroso, os policiais se deslocaram até o lugar da denúncia, onde conseguiram efetuar a prisão de Jackson, no momento em que ele estava saindo do local.

“O elemento atuava enviando drogas para outros estados brasileiros, inclusive São Paulo (SP), em aviões comerciais, por meio de ‘mulas’, indivíduos que, conscientemente ou não, transportam droga em seu corpo. Jackson trabalha para um traficante conhecido como ‘Gugu’ que atua no bairro São Geraldo, zona Centro-sul de Manaus”, informou Barroso.

De acordo com o diretor do DRCO, no momento da prisão, os policiais apreenderam com o infrator um veículo Chevrolet modelo Onix, de cor prata. Os mandados de prisão preventiva em nome do infrator foram expedidos no dia 7 de fevereiro de 2017, pelo juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota da 4ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), e no dia 7 de junho de 2018, pelo juiz Roberto Santos Taketomi, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM).

Procedimentos – Jackson foi indiciado por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o infrator será levado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), situado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Notícias Relacionadas