Polícia Civil prende jovem por abandonar o próprio filho, uma criança de dois anos, em Manacapuru

289

Policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru (distante 68 quilômetros em linha reta da capital), sob a coordenação da delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, prenderam, na tarde de sexta-feira (24), por volta das 16h, uma jovem, 21 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelos crimes de abandono de incapaz e maus-tratos. A vítima é o próprio filho dela, uma criança de dois anos, portadora de microcefalia.

Conforme a delegada, no último domingo (19), os vizinhos da jovem denunciaram ao conselho tutelar do município que a mãe havia deixado a criança sozinha na casa onde moravam, situada na estrada do Extramar, bairro Novo Manacá. Ainda segundo Roberta, na ocasião, a criança chorava muito e os vizinhos conseguiram entrar no imóvel e resgatar o bebê.

“Após a vítima ser resgatada, foi encaminhada ao hospital, onde passou por exame de corpo de delito e, em seguida, levamos para a casa de acolhimento aqui da cidade. Sendo assim, representei à Justiça pela prisão preventiva da mãe dela, que, desde então, estava foragida. Já na tarde desta sexta, conseguimos localizá-la e prendê-la no mesmo bairro onde ela mora, em Manacapuru”, relatou a autoridade policial.

Procedimentos

Encaminhada ao prédio da DEP, a jovem foi indiciada por abandono de incapaz e maus-tratos. Ao término dos trâmites cabíveis, ela irá permanecer custodiada, na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.