[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]

Polícia

Polícia deflagra operação para fiscalizar medidas sanitárias em Santa Isabel do Rio Negro

Policiais militares, guardas municipais e servidores da Anvisa apoiaram a operação

Polícia deflagra operação para fiscalizar medidas sanitárias em Santa Isabel do Rio Negro
Foto: Divulgação

Ao longo do último fim de semana, a equipe de investigação da 76ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Santa Isabel do Rio Negro (distante 630 quilômetros em linha reta da capital), deflagrou uma operação com o intuito de fiscalizar o cumprimento do isolamento social, em meio a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), por parte da população daquele município. A ação contou com o apoio de policiais militares, guardas municipais e de servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o delegado Aldiney Nogueira, titular da unidade policial, as equipes trabalharam com o intuito de advertir moradores que estavam descumprindo o decreto municipal, que instituiu toque de recolher na cidade a partir das 19h, além de autuar comandantes de embarcações que continuam realizando o transporte ilegal de passageiros. Conforme o delegado, na noite do último sábado (16), um grupo com cerca de dez jovens foi advertido após serem flagrados desrespeitando o toque de recolher.

“Após terem recebido as orientações, nós recebemos denúncias anônimas de que cinco indivíduos desse grupo continuaram em via pública, consumindo bebidas alcoólicas. Dessa forma, nos dirigimos ao local novamente, no entanto, dessa vez, os cinco jovens foram conduzidos à unidade policial, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desrespeito às medidas sanitárias, cujo intuito é evitar a propagação de doenças contagiosas. Em seguida, eles foram liberados para aguardarem os procedimentos a serem adotados pela Justiça”, explicou o titular da 76ª DIP.

O delegado destacou também que, na noite deste domingo (17), as equipes receberam novas denúncias acerca de outro grupo de pessoas que estaria desrespeitando as medidas de isolamento social. Além disso, moradores foram ameaçados por essas mesmas pessoas. “Após algumas tentativas, policiais militares conseguiram lograr êxito na detenção do indivíduo, um jovem de 20 anos, identificado como o responsável por realizar as ameaças a moradores. Na ocasião, ele estava em posse de uma faca e resistiu à voz de detenção dos policiais, mas logo foi neutralizado pelos PMs”, ressaltou Nogueira.

Segundo a autoridade policial, o indivíduo foi conduzido ao prédio da delegacia, onde foi constatado que ele se encontra em liberdade condicional, após ter sido preso, no ano passado, por furto qualificado. Diante disso, ele assinou um TCO por ameaça e resistência e foi liberado. Caberá à Justiça decidir se ele deverá continuar solto ou não.

Por fim, um comandante de balsa, na mesma noite, ignorou as medidas de distanciamento social e transportou um passageiro, oriundo de Manaus, ilegalmente. O comandante foi autuado por desrespeito a medidas sanitárias de enfrentamento a doenças contagiosas.

Notícias Relacionadas

[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]