Polícia Federal deflagra operação contra pedofilia em Manaus

263

Manaus / AM – A Polícia Federal do Amazonas (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (28) a operação “Dark Storage” que tem o intuito de combater o compartilhamento de pornografia infantil dentro do estado do Amazonas. Cerca de 45 policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal a pedido da PF, em 5 endereços na capital.

Duas pessoas já foram presas por estarem em posse de conteúdo pornográfico.

O nome “Dark Storage” remete à guarda e ao depósito de material de conteúdo infantil pornográfico, obtido através de downloads realizados na internet, principalmente em sítios da Dark Web.

A operação é uma etapa ostensiva de inquéritos policiais instaurados na Superintendência da Polícia Federal no Amazonas, para esclarecer sobre possíveis participações de de pessoas residentes em Manaus, mas não relacionados diretamente entre si, com a prática de disseminação transnacional de pornografia infantil, por meio de redes sociais, contas de e-mail e aplicativos de mensagens e vídeo.

Os investigados responderão pelos crimes de posse, compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código Penal Brasileiro que variam de 1 a 6 anos de reclusão.