Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Polícia prende homem por agredir ex-companheira na zona Norte da capital

Polícia prende homem por agredir ex-companheira na zona Norte da capital
Foto: Divulgação

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM) cumpriu, na manhã desta quarta-feira (2), por volta das 10h, mandado de prisão preventiva em nome de Valdeilson de Matos Pereira, de 27 anos, por lesão corporal e descumprimento de medidas protetivas contra a ex-companheira dele, uma dona de casa de 32 anos.

A prisão ocorreu na avenida Arquiteto José Henrique, na terceira etapa do conjunto Residencial Viver Melhor, bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte da capital.

De acordo com a titular da especializada, delegada Débora Mafra, que coordenou a ação policial, o infrator e a vítima viveram juntos por mais de seis meses, em um relacionamento marcado por agressões físicas, sofridas pela dona de casa. Ele já havia sido preso em flagrante, no dia 7 de abril de 2019, por lesão corporal, ameaça e injúria cometida contra a mesma vítima.

“Valdeilson possui diversas passagens pela polícia pela autoria de crimes de violência doméstica. No dia 23 de junho, a dona de casa formalizou um Boletim de Ocorrência (BO) por ameaça e lesão corporal, e três dias depois, registrou outro BO, por lesão corporal e por descumprimento de medidas protetivas. Desta forma, ingressei, imediatamente, com o pedido de prisão preventiva e, hoje, logramos êxito na prisão dele”, explicou a delegada Mafra

Conforme a titular do DECCM, além de responder por outros processos envolvendo delitos domésticos, o homem, também, já foi preso em flagrante, no dia 26 de junho deste ano, por envolvimento com tráfico de drogas.

A ordem judicial em nome de Valdenilson foi expedida no dia 2 de agosto deste ano, pelo juiz Reyson Silva, do 3º Juizado Especializado da Violência Doméstica.

Procedimentos – O individuo foi indiciado por lesão corporal e descumprimento de medidas protetivas. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Notícias Relacionadas