Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Polícia prende homem que tentou matar ex-sogra, na zona Leste

Polícia prende homem que tentou matar ex-sogra, na zona Leste
Foto: Divulgação

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) da Zona Centro-sul, sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação da delegada Acácia Pacheco, titular da Especializada, cumpriu, na manhã desta segunda-feira (18), por volta das 10h, mandado de prisão preventiva em nome de Gerry Cardoso de Aguiar, 37, pela tentativa de homicídio de uma mulher de 52 anos. O crime ocorreu no dia 6 de maio deste ano, na residência da vítima, no bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste de Manaus.

De acordo com a delegada Acácia Pacheco, o infrator foi preso na residência da mãe dele, no bairro Jorge Teixeira, na mesma zona em que o crime foi cometido. De acordo com as diligências em torno do caso, a motivação da tentativa de homicídio seria o fato de que Gerry não teria aceitado o fim de seu relacionamento com a filha da vítima. Na ocasião do delito, ele estaria embriagado e se dirigiu até a residência da ex-sogra, onde iniciou uma discussão com ela. Em seguida, o infrator desferiu pauladas contra a mulher.

“Depois de ter cometido o delito, Gerry deixou o local. A vítima foi encaminhadaa a uma unidade hospitalar, após ter sido encontrada por seu companheiro caída no chão, gravemente ferida e com o rosto ensanguentado. Após a formalização da denúncia, nós iniciamos os procedimentos de diligências, a fim de apurarmos a ocorrência. Depois de constatarmos a materialidade do cometimento do crime, ingressamos com o mandado de prisão em nome de Gerry”, explicou a titular da Especializada. 

Conforme a delegada, a ordem judicial em nome do acusado foi expedida na última quinta-feira (14), pelo juiz George Hamilton Barroso, do Plantão Criminal.

Procedimentos

O infrator foi indicado por homicídio tentado. Após os trâmites na unidade policial, ele será encaminhamado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia por meio de videoconferência.

Notícias Relacionadas