Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Polícia

Polícia prende jovem por em duplo homicídio e tentativa de homicídio

Polícia prende jovem por em duplo homicídio e tentativa de homicídio
Foto: Divulgação

Os delegados Paulo Martins e Charles Araújo, respectivamente, titular e adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falaram na manhã desta quarta-feira (9), durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da especializada, sobre o cumprimento do mandado de prisão preventiva por duplo homicídio e tentativa de homicídio, em nome de Lucas Costa Figueiredo, de 20 anos, conhecido como “Luquinha”.

De acordo com Paulo Martins, o infrator está envolvido nas mortes do casal Keyse Rodrigues de Oliveira e Wellingthon Cardoso Araújo, que tinham, respectivamente, 15 e 19 anos, e na tentativa do homicídio de uma mulher de 32 anos. Conforme o delegado, os crimes ocorreram na madrugada do dia 27 de junho deste ano, em uma casa situada na Comunidade Bela Vista, bairro Puraquequara, zona Leste da capital.

“Lucas entrou no local do crime munido de terçados, quando atacou Keyse e Wellingthon, que morreram na residência. Na ocasião, uma mulher de 32 anos, amiga do casal, ficou gravemente ferida. O comparsa dele no crime, Josimar Lins Fernandes, 39, preso pelas equipes da DEHS, no dia 6 de julho deste ano, foi o responsável por realizar a segurança da casa enquanto Lucas cometia os delitos. Após conhecimento sobre o delito iniciamos as diligências em torno do caso”, explicou Martins.

Prisão – Charles Araújo informou que o cumprimento a mandado de prisão de Lucas, pelos homicídios, aconteceu após o mesmo ter sido preso, em flagrante, por tráfico de drogas, por policiais civis do 27° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na manhã da última sexta-feira (4), no conjunto Mutirão, bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus. Durante abordagem, o indivíduo se apresentou com nome falso, mas a verdadeira identidade dele foi descoberta pelas autoridades policiais.

“Cumprimos o mandado de prisão na manhã desta quarta-feira (9), nas dependências da DEHS. A ordem judicial em nome de do infrator foi expedida no dia 28 de junho deste ano, pela juíza Luíza Cristina da Costa Marques, do Plantão Criminal. Em depoimento, ele afirmou que matou as vítimas porque estava sendo ameaçado por elas. Porém, nossas investigações apontam que o infrator já tinha namorado com Keyse e planejou o delito motivado por não aceitar o fim do relacionamento”, relatou o adjunto da especializada.

Procedimentos – Lucas foi indiciado por duplo homicídio e tentativa de homicídio. Ao término dos trâmites na DEHS, “Luquinha” será levado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição de Justiça.

Notícias Relacionadas