Daniela Assayag deixa o governo Wilson Lima

227

A secretária de Comunicação, Daniela Assayag, informou através de suas redes sociais neste domingo (5), que pediu exoneração do cargo que ocupava no governo Wilson Lima.

Na postagem em sua página no Facebook, Daniela disse que espera, dessa forma, contribuir para o esclarecimento das denúncias que envolveram seu marido na compra de respiradores para a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e foram alvo da operação Sangria, deflagrada semana passada pelo Polícia Federal (PF).

A CPI que investiga o caso de superfaturamento na compra de respiradores, apontou o marido de Daniela como um dos beneficiários do esquema de corrupção que abalou o governo do novo.

Confira o post:

“Na tarde deste domingo, entreguei ao governador meu pedido de exoneração. Acredito que minha saída da Secretaria de Comunicação permitirá que a apuração dos fatos ocorridos na última semana possa se realizar com seriedade e profundidade. E que sejam esclarecidas as ilações sobre atitudes e comportamentos não condizentes com a minha prática profissional.

Reafirmo a certeza de ter exercido o meu papel com todos os requisitos técnicos e éticos exigidos no cumprimento de minha função frente à Secretaria de Comunicação deste Governo.

Espero que minha atitude represente, mais uma vez, meus princípios de lutar pela apuração dos fatos com veracidade e justiça.”