Pesquisa aponta crescimento de David Almeida e Amazonino na disputa pela prefeitura de Manaus

131

O Instituto Projeta Pesquisa de Mercado e Opinião Pública divulgou uma nova pesquisa realizada entre os dias 2, 3 e 4 de setembro onde aponta os favoritos para a Prefeitura de Manaus. Nesse levantamento, os pré-candidatos Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) cresceram em relação à primeira na pesquisa estimulada. Amazonino tinha 24,82% e agora aparece com 27,9%. Já David subiu de 12,35% para 16,1%.

Na sequência aparecem José Ricardo (PT), com 7,7%; Marcos Rotta (DEM), com 5,7%; Alfredo Nascimento (PR), com 3,6%; Capitão Alberto Neto (Republicanos), com 3,4%; Ricardo Nicolau (PSD), com 2,9%; Coronel Menezes (Patriota), com 2,8%; e Chico Preto (DC) com 2,3%. Os pré-candidatos Romero Reis (Novo) e Orsine Junior (PMN) tiveram menos de 1% das intenções de voto. Aqueles que não souberam ou não responderam somam 14,1% e nulos ou brancos, 12,5%.

Na pesquisa espontânea, Amazonino Mendes aparece em primeiro lugar com 5,7%, seguido de David Almeida com 5,2%, o que representaria um empate técnico entre os dois pré-candidatos. José Ricardo teve 1% das intenções de voto e os demais, não somaram 1%. A porcentagem dos que não souberam ou não responderam foi de 85,1%.

O Instituto Projeta também perguntou aos eleitores em quem não votariam de forma alguma para prefeito da capital amazonense no dia 15 de novembro, data do 1º turno neste ano. Os nomes mais rejeitados foram Alfredo Nascimento (18,6%), Amazonino Mendes (15,3%), Marcos Rotta (7,5%) e José Ricardo (7,3%). Na sequência aparecem Chico Preto (3,9%), David Almeida (3%), Capitão Alberto Neto (2,5%), Coronel Menezes (2%), Ricardo Nicolau (1,6), Romero Reis (1,5%) e Orsine Junior (0,4%). Não souberam ou não responderam somaram 17% e os que não rejeitam nenhum dos pré-candidatos são 19,2%.

A pesquisa ainda questionou os eleitores sobre um possível cenário no segundo turno. David aparece numericamente à frente com 39,7%, contra 38,3% de Amazonino. Os que não souberam ou não responderam em quem votariam no segundo turno somam 13,5% e brancos e nulos foram 8,5%.

Neste levantamento foram realizadas 1000 entrevistas. A margem de erro da pesquisa é de 3,1% percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número AM-05372/2020.

Veja a pesquisa completa clicando no link abaixo:

Pesquisa-Manaus-setembro-2