Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Política

Proposta que visa aumentar estoque de sangue do Hemoam vira lei

Proposta que visa aumentar estoque de sangue do Hemoam vira lei
Foto: Divulgação
O Junho Vermelho de conscientização para importância da doação de sangue, que visa aumentar o estoque da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), entrou oficialmente no calendário de Campanhas, datas e eventos do Amazonas. A inclusão foi feita através da Lei nº 4.868/2019, resultado de um projeto de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD).

A Lei que institui o Junho Vermelho, publicada no Diário Oficial do Estado no último dia 16 de julho, tem a finalidade de aumentar o estoque de sangue do Hemoam por meio de ações e campanhas de incentivo e conscientização à doação.

“Fico muito feliz que nossa proposta foi transformada em lei e já está em vigor. O objetivo é promover uma grande mobilização no mês de junho e intensificar as campanhas de doação de sangue neste período para manter os níveis normais dos estoques de sangue, facilitar o atendimento à população que necessita e salvar vidas”, disse Josué Neto.

O projeto que deu origem à lei começou a tramitar na Casa Legislativa em novembro de 2017. “Todos nós sabemos das dificuldades de manter o banco de sangue com estoque normal, principalmente em datas festivas. É comum vermos o banco de sangue do Hemoam em níveis abaixo do normal e tenho certeza que a partir desta lei vamos conseguir aumentar as doações”, afirmou.

Estoque

De acordo com informações da assessoria de comunicação do Hemoam, o estoque de sangue está regular, mas é necessária uma média de doação de 250 bolsas por dia para manter este nível.

Além da sede do Hemoam, localizada na Avenida Constantino Nery, existe o banco de sangue da Maternidade Ana Braga, na Zona Leste. O Hemoam funciona de segunda a sábado de 7h às 18h e na maternidade Ana Braga de segunda a sexta, de 8h às 12h30.

Notícias Relacionadas