Home Política TCE-AM exige listagem completa de vacinados e placar de vacinação

TCE-AM exige listagem completa de vacinados e placar de vacinação

Uma listagem com 74 páginas e 3.559 nomes de pessoas vacinadas contra a Covid-19 vazou após ter sido encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), no último dia 21, atendendo solicitação do órgão de controle. A lista está incompleta e outra parte está sendo aguardada, quando somente o tribunal fará a divulgação completa e oficial.

Nesta sexta-feira (22), em reunião extraordinária, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) deu o prazo de 72 horas para que a secretaria municipal de Saúde, Shádia Fraxe, e o secretário estadual de Saúde, Marcellus Câmpelo, apresentem a lista completa de pessoas a serem vacinadas nessa primeira fase de imunização no Estado. Além da apresentação da lista nominal, também foi determinada a criação de um sítio eletrônico para o acompanhamento transparente da sociedade.

Após determinação do TCE-AM, por meio da Secretaria de Controle Externo (Secex), os órgãos deveriam ter apresentado, até as 14h20 da última quinta-feira (21), a listagem nominal das pessoas que ainda irão receber as doses imunizantes nessa primeira fase. No entanto, apenas 5 mil nomes foram apresentados pela Semsa, após as 19h e fora do prazo.

Pela urgência do caso, a Corte estendeu o prazo para apresentação da lista nominal. No entanto, deixou claro que o não cumprimento do mesmo acarretará em graves consequências aos gestores públicos, com iminente aplicação de multas (de até R$ 68,2 mil) e recomendação de afastamento dos secretários de saúde.

Na sessão, também foi determinada que a prefeitura libere, novamente, o registro de fotos durante a aplicação da vacina, como forma de garantir a transparência daqueles pacientes que estão sendo imunizados.

Secretários de David Almeida estão entre os primeiros vacinados contra Covid-19

A secretária municipal de Saúde de Manaus, Shadia Hauache Fraxe e o secretário municipal de Limpeza Pública de Manaus, Sabá Reis, estão entre os primeiros nomes que receberem a vacina conta a Covid-19.

O nome deles também aparecem na lista enviada pela Secretaria de Saúde do Município (Semsa) ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A lista com os nomes vazou e diversas autoridades e empresários que furaram a fila, passando a frente dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate ao Covid-19, só aumenta.

Hoje Manaus completou dois dias com a vacinação suspensa por conta das suspeitas de irregularidades e falta de planejamento e critérios.

Segundo o boletim da FVS desta sexta-feira (22), foram diagnosticados 3.975 novos casos de Covid-19 e foram confirmados 132 óbitos.