Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Política

Twitter apaga postagens de Bolsonaro por violação de regras da empresa

Twitter apaga postagens de Bolsonaro por violação de regras da empresa
Foto: Reprodução
A rede social Twitter apagou, na noite deste domingo (29) duas postagens feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após as mesmas ferirem diretrizes da empresa.

O Twitter afirmou que ampliou suas diretrizes "para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saúde pública".

Os posts excluídos haviam sido gravados pela equipe de Bolsonaro mostrando visita do presidente a Sobradinho e Taguatinga, no Distrito Federal, contrariando recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde quanto ao isolamento necessário para barrar a expansão do coronavírus.

Apenas um vídeo permanece online, o que mostra o presidente em um comércio em Ceilândia, acompanhado de seguranças e populares.

As novas regras do Twitter podem levar à exclusão de publicações que neguem recomendações de autoridades de saúde locais ou globais, descrição de tratamentos ou medidas de proteção ineficazes, negação de fatos científicos estabelecidos, afirmações em torno do Covid-19 que têm como objetivo manipular o debate, afirmações não verificada que incitam as pessoas a agir ou causam pânico generalizado, afirmações feitas por pessoas que se passam por funcionário, organização ou governo de saúde, propagação de informações falsas ou enganosas sobre procedimentos de diagnóstico e informações de que grupos específicos ou nacionalidades serão ou não mais ou menos suscetíveis ao coronavírus.

Procurado pela reportagem na noite deste domingo, o Palácio do Planalto informou que não comentará a decisão da rede social de excluir o vídeo.

Notícias Relacionadas