Vice-governador Carlos Alberto deixa o PTB

180

Depois dos rumores de que seria retirado do cargo de presidente do PTB, o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, anunciou a sua desfiliação da legenda nesta segunda-feira (24) após alguns meses no comando do partido.

O vice-governador confirmou sua saída do partido por meio de nota oficial e informou que vai se dedicar ao estudo de ‘temas estruturais’ para o futuro do Amazonas, como a defesa do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) na reforma tributária, em tramitação no Congresso Nacional.

Conforme a nota, as comunidades rurais, que sempre estiveram presente na carreira do defensor público durante mais de uma década, também ganham maior espaço na agenda.

Carlos Almeida disse, ainda, que retoma o trabalho que vinha realizando antes da pandemia, de identificar os problemas enfrentados por essas populações e demandar o devido atendimento, que deve ser feito pelas secretarias do governo.

O vice-governador ressaltou que já recebeu algumas propostas de filiação, mas, é algo que deverá definir mais a frente.

Comando

No PTB-AM, a presidência deverá ser assumida pelo secretário de Estado de Cidades e Territórios, ex-Secretaria de Política Fundiária (SPF), Ricardo Francisco. Ele é irmão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.