Seu Navegador não suporta scripts.
Carregando

Tecnologia

WhatsApp bane 1,5 milhão de contas por espalhar fake news

WhatsApp bane 1,5 milhão de contas por espalhar fake news
Foto: Divulgação

Grande parte das contas banidas faziam parte de uma rede Pro-Bolsonaro, que espalhavam propaganda a favor do presidente e notícias falsas sobre adversários.

O aplicativo de troca de mensagens WhatsApp baniu pelo menos 1,5 milhão de contas de usuários brasileiros de outubro de 2018, antes do segundo turno das eleições presidenciais, até o fim de setembro deste ano. As contas foram banidas por suspeita de uso de robôs, disparo em massa de mensagens e disseminação de fake news e discurso de ódio e incluem perfis banidos temporariamente ou para sempre

O número foi obtido a partir de uma estimativa com base em cinco comunicados recentes da empresa e confirmado por especialistas em tecnologia da informação que conhecem de perto o trabalho da empresa para combater a epidemia de fake news que tomou conta do aplicativo. O WhatsApp não vai comentar os banimentos, informou sua assessoria de imprensa.

Em média, o WhatsApp bane ao menos 125 mil contas por mês no país por uso irregular da plataforma. Durante as eleições, houve um pico de contas banidas, o que pode distorcer a média para cima.

Quase a totalidade dos textos na rede analisada era propaganda a favor do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ou informações falsas a respeito de adversários do hoje presidente da República. Após as eleições, a tônica passou a ser a defesa do presidente e do governo federal de uma forma geral, além de ataques a adversários e fake news sobre o noticiário.

Algumas contas de WhatsApp com suspeita de serem operadas por robôs chegaram a distribuir 14 mensagens diferentes em apenas 30 segundos.

Ao mesmo tempo que a tecnologia para identificar o uso irregular do WhatsApp evolui, diversificam-se as maneiras usadas pelos fraudadores para burlar a segurança da plataforma. Em uma pesquisa rápida no Google, é possível encontrar várias ofertas de sites que vendem números de telefone celular virtuais com capacidade de receber SMS para validação de contas falsas de WhatsApp. Os valores ficam abaixo de R$ 4 por linha telefônica, se compradas às centenas ou milhares. Nas redes sociais, é possível encontrar fóruns onde usuários destes números falsos atestam o funcionamento deles e trocam dicas sobre formas de uso do recurso. O WhatsApp afirma que não tem acesso ao conteúdo das mensagens criptografadas enviadas pelo aplicativo.

Segundo a empresa, 90% das mensagens trocadas são de pessoa para pessoa, e a maioria dos grupos possui menos de dez integrantes.

Com informações de UOL

Notícias Relacionadas